Qual a relação da nutrição com o desenvolvimento e progressão da endometriose?

Estudos indicam que o tipo e a concentração de agrotóxicos nos alimentos, assim como a ingestão exagerada de ultraprocessados aliados ao consumo de bebidas alcoólicas e o cigarro, são fatores de risco para o desenvolvimento de endometriose.


Uma dieta balanceada com ingestão de frutas e hortaliças e a diminuição de consumo de ultraprocessados pode ser a base de controle para a endometriose, por ser uma doença com características inflamatórias. Portanto, uma dieta rica em componentes anti-inflamatórios e antioxidantes pode trazer benefícios para controlar os sintomas.

A nutrição irá atuar na endometriose proporcionando a diminuição da produção de estrógeno, fatores pró-inflamatórios e espécies reativas de oxigênio (os radicais livres) diminuindo assim o processo inflamatório e com isso reduzindo os sintomas da endometriose.


Garcia-Fernandez, J., & García-Velasco, J. A. (2020). Endometriosis and Reproduction: What We Have Learned. The Yale journal of biology and medicine, 93(4), 571–577.

Helbig, M., Vesper, A. S., Beyer, I., & Fehm, T. (2021). Does Nutrition Affect Endometriosis?. Geburtshilfe und Frauenheilkunde, 81(2), 191–199. https://doi.org/10.1055/a-1207-0557


19 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo