Chá de hortelã: conheça as propriedades desse chá!


A hortelã é uma planta herbácea da família Lamiaceae com inúmeras variedades cultivadas. É originária da Ásia, atualmente cultivada em todo o mundo. É utilizada como tempero em inúmeros pratos, como planta medicinal em infusão e também fornece óleos essenciais que podem ser extraídos da planta. Na fitoterapia, é indicada informalmente como estimulante gástrico nas atonias digestivas, flatulências, vômitos, vermífugo, cólicas uterinas, expectorante, antisséptico bucal, aftas, infecções da boca (bochechos) e garganta (gargarejos), e como calmante.

O hortelã contém uma grande variedade de compostos como, por exemplo, a rutina que é um flavonóide natural polifenólico e conhecido como quercetina-3-O-rutinosídeo ou vitamina P. Tem baixa estabilidade e biodisponibilidade e essas propriedades físico-químicas da rutina são principalmente devido à sua baixa solubilidade em água. É sintetizada por meio de uma série de modificações enzimáticas.


As propriedades redutoras da rutina em diferentes espécies oxidantes como os radicais superóxido, peroxila e hidroxila fornecem um efeito antioxidante substancial. Também possui efeitos farmacológicos, como antiviral, antimicrobiano e efeitos antialérgicos. Além disso, a rutina mostrou efeitos terapêuticos no diabetes, hiperlipidemia e diferentes tumores.


Os flavonóides, em geral, atuam no fortalecimento das células devido à ação antioxidante e ajudam a combater infecções por sua propriedade anti-inflamatória. O sistema imunológico também é afetado pela presença da rutina que promove maior resistência para todo o corpo. Isto se dá, principalmente, pelo trabalho em conjunto com a vitamina C proveniente das frutas cítricas.


A atividade antimicrobiana de um composto pode ser definida como sua capacidade para inibição do crescimento de bactérias e prevenção da formação de colônias bacterianas. A forte ação antimicrobiana da rutina contra um amplo grupo de bactérias, vírus e fungos tem sido estudada e parece ser eficaz. A rutina apresenta um efeito eficiente contra bactérias gram-positivas e gram-negativas.


A alergia é uma resposta exagerada e excessiva do sistema imunológico contra substâncias diversas que entram em contato com o organismo, seja pela via respiratória, pela via cutânea ou até mesmo por ingestão.


Conforme relatado na literatura, a produção de espécies reativas de oxigênio (EROs) podem desempenhar um papel significativo na alergia. Rutina como um agente antioxidante relatado para mostrar capacidade de destruir EROs.


Assim, o consumo de chá de hortelã oferece uma abordagem viável para a melhoria da nutrição humana, devido aos conhecidos efeitos protetores da rutina para a saúde. Isso é especialmente importante por causa de sua atividade antifúngica, antimicrobiana e antialérgica. Estes efeitos podem ser da rutina isoladamente, ou associada ao ácido ascórbico, cuja absorção melhora quando administrado em conjunto.Portanto, por apresentarem uma grande diversidade de atividades biológicas benéficas para o ser humano e pela ampla distribuição na natureza, têm sido extensamente pesquisados, podendo contribuir para o futuro tratamento de várias enfermidades.


Referências:


NEGAHDARI, Ramin et al. Therapeutic benefits of rutin and its nanoformulations. Phytotherapy Research, v. 35, n. 4, p. 1719-1738, 2021.


LUTHAR, Zlata et al. Breeding buckwheat for increased levels of rutin, quercetin and other bioactive compounds with potential antiviral effects. Plants, v. 9, n. 12, p. 1638, 2020.


TEIXEIRA, AMANDA SEVERO et al. Avaliação da Atividade Antioxidante do chá de Hortelã (MenthaPiperita L.). ANAIS CONGREGA MIC-ISBN: 978-65-86471-05-2 e ANAIS MIC JR.-ISBN: 978-65-86471-06-9, v. 1, 2016.


26 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo