CAFÉ E CAFEÍNA: PRÓS E CONTRAS



A cafeína é considerada o estimulante mais utilizado no mundo, principalmente por esportistas e pessoas que visam aumentar a resistência física, aumentar a concentração e sensação de bem-estar e também evitar o sono. Podemos encontrar esse composto em diversos produtos, como chocolates, refrigerantes e chá, mas a principal fonte é o café.


Essa atividade estimulante é explicada pelo simples fato da cafeína ser um antagonista de receptores de adenosina, ou seja, a cafeína compete pelo mesmo receptor. A adenosina ao se ligar com seu receptor irá inibir a produção e a neurotransmissão de dopamina. Em contrapartida, a cafeína irá aumentar a ligação de neurotransmissores e receptores dopaminérgicos, estimulando o sistema nervoso central.


Entretanto, como tudo na vida, o consumo de cafeína ou de café tem seus prós e contras.


Benefícios da cafeína


Além da atuação como estimulante, ajudando a concentração, resistência física, memória, seu efeito termogênico e sensação de bem-estar, a cafeína e o café apresentam efeitos antioxidantes, prevenindo doenças cardiovasculares e sendo bioprotetores, auxiliando na excreção de substâncias nocivas e antimutagênicos.


Malefícios da cafeína


A cafeína e o café, entretanto, também podem gerar malefícios ao sujeito, dependendo das suas características e da dose ingerida. Esses efeitos são decorrentes do metilglioxal e do peróxido de hidrogênio, compostos presentes no café. Dentre os principais malefícios podemos citar:

  • Insônia

  • Ansiedade

  • Indução de arritmias cardíacas.

  • Dor de cabeça

  • Sintomas gastrointestinais como dor de estômago, náusea e diarréia.

  • Disforia

  • Aumento da pressão arterial


Dessa forma, é importante analisar a tolerância do indivíduo frente ao consumo de café e cafeína como também a dose diária recomendada de acordo com as particularidades do sujeito.


Para um estudo mais aprofundado sobre o tema, segue sugestões de leitura:

http://revista.fundacaojau.edu.br:8078/journal/index.php/revista_intersaude/article/view/111

https://repository.uaeh.edu.mx/revistas/index.php/ICSA/article/view/3099/3089

126 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo