A suplementação para a fertilidade masculina e qualidade dos espermatozoides



Uma estratégia válida para melhorar a qualidade dos gametas masculinos é a suplementação nutricional, quando necessária. De qualquer modo, antes de utilizar qualquer suplemento, é preciso consultar um profissional de saúde - médico ou nutricionista - capacitado para prescrevê-lo, afinal, a quantidade ou a qualidade inadequada dessa suplementação pode trazer efeitos nocivos à saúde, prejudicando a fertilidade. Seguem abaixo os principais suplementos que podem ser utilizados:


- Selênio – A suplementação com selênio pode melhorar a motilidade, a contagem e a concentração de espermatozoides e o volume do sêmen, aumentando as chances de o casal ter uma gestação espontânea. Doses muito altas ou muito baixas não produzem nenhum efeito benéfico na fertilidade.

- Ômega-3 – Suplementos de ômega-3 desempenham função antioxidante e elevam a concentração e a motilidade dos espermatozoides.

- Zinco e ácido fólico – O zinco exerce função antioxidante e anti-inflamatória. O ácido fólico atua diretamente na formação da cadeia de DNA, sendo essencial para a manutenção da integridade genômica. A suplementação desses nutrientes, em conjunto ou de maneira isolada, melhora de maneira significativa a fecundidade masculina.

- CoQ10 – A suplementação com CoQ10 é capaz de melhorar a motilidade do espermatozoide, aumentar a concentração de espermatozoide no sêmen e reduzir a quantidade de espermatozoides com mutações incompatíveis com o desenvolvimento da gestação.

Apesar de termos à disposição inúmeros suplementos alimentares, a prioridade deve ser atingir as necessidades nutricionais a partir de uma alimentação equilibrada. Além disso, toda suplementação deve ser utilizada com acompanhamento de um médico ou nutricionista.


Caso queira entender um pouco mais sobre o assunto, sugiro que leia esses estudos:

FONTANA, R.; TORRE, S. D. 2016. "The Deep Correlation between Energy Metabolism and Reproduction: A View on the Effects of Nutrition for Women Fertility" Nutrients 8, no. 2: 87.


GASKINS, A. J.; CHAVARRO, J. E. Diet and fertility: a review. Am J Obstet Gynecol. 2018 Apr;218(4):379-389.


LADAN, Giahi.; et. al. Modificações nutricionais na infertilidade masculina: uma revisão sistemática cobrindo 2 décadas, Nutrition Reviews, Volume 74, Issue 2, fevereiro de 2016, Pages 118-130.


46 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo